Parte del contenido de esta aplicación no está disponible en este momento.
Si esta situación persiste, contáctenos aComentarios y contacto
1. (WO2018058213) TOWER FOR MOISTENING, STERILIZING, COOLING, FREEZING AND DRYING GRAIN
Nota: Texto obtenido mediante procedimiento automático de reconocimiento óptico de caracteres.
Solo tiene valor jurídico la versión en formato PDF

REIVINDICAÇÕES

1. "TORRE DE UMIDIFICAÇÃO, ESTERILIZAÇÃO, RESFRIAMENTO, CONGELAMENTO E SECAGEM DE GRÃOS", é composto pela torre térmica (1 ) dotada de bocal de alimentação (2) e bocal de saída (3), caracterizado pelo armazenamento dinâmico na câmara interna de grãos (5) ao redor da quai se tem a câmara de ar (6) por onde percorre o ar gerado na câmara de tratamento de fluxo de ar (7) que contém o radiador de frio (15), o injetor de vapor (16) , o radiador de caior (17) e o registro (18); a câmara de ar (6) contempla, superiormente, duas linhas de ventiladores centrífugos (8) intercalados por linhas de registros (9) e (1 0), e, inferiormente, uma linha de ventiladores centrífugos (1 1 ); interiormente a câmara de ar (6) possui os registros horizontais ( 12) e (13); a câmara de ar (6) e a câmara de tratamento de fluxo de ar (7) são interligadas pelo túnel de recuperação (14) .

2. "TORRE DE UMIDIFICAÇÃO, ESTERILIZAÇÃO, RESFRIAMENTO, CONGELAMENTO E SECAGEM DE GRÃOS", é caracterizado pelo procedimento de umidificação dos grãos ocorrer através da injeção do fluxo de ar A, vapor úmido, na temperatura entre 1 00°C e 140°C pelo injetor de vapor úmido (16), estando o registro (18) da câmara de tratamento de fluxo de ar (7) fechado, que percorre a câmara de ar (6) e penetra na câmara interna de g rãos (5), sendo que o registro (12) deve estar fechado, assim como os registros (9) e (10) ; o registro (13) deve estar aberto para permitir a circulação do fluxo de ar A ao longo da torre térmica (1 ); os ventiladores centrífugos (8) e (1 1 ) devem estar fechados; o vapor úmido retorna à câmara de tratamento de fluxo de ar (7) pelo túnel de recuperação (14), formando um circuito fechado.

3. "TORRE DE UMIDIFICAÇÃO, ESTERILIZAÇÃO, RESFRIAMENTO, CONGELAMENTO E SECAGEM DE GRÃOS", tal como reivindicado em 2 é caracterizado por opcionalmente, o registro (12) estar aberto e o registro (13) estar fechado, ou ambos registros (12) e (13) fechados, ou ambos registros (12) e (13) abertos, de acordo com a quantidade de grãos existente na câmara interna de grãos (5).

4. "TORRE DE UMIDIFICAÇÃO, ESTERILIZAÇÃO, RESFRIAMENTO, CONGELAMENTO E SECAGEM DE GRÃOS", é caracterizado pelo procedimento de esterilização dos grãos ocorrer através da injeção do fluxo de ar A de vapor seco, em temperatura entre 280°C a 320°C, pelo injetor de vapor (16) da câmara de tratamento de fluxo de ar (7), o qual circula na câmara de ar (6) e penetra na câmara interna de grãos (5), sendo que o registro (12) deve estar fechado, assim como os registros (9) e (10), o registro (13) deve estar aberto; o de vapor seco retorna à câmara de tratamento de fluxo de ar (7) pelo túnel de recuperação (14), formando um circuito fechado.

5. "TORRE DE UMIDIFICAÇÃO, ESTERILIZAÇÃO, RESFRIAMENTO, CONGELAMENTO E SECAGEM DE GRÃOS", tal como reivindicado em 4 é caracterizado por opcionalmente, o registro (12) estar aberto e o registro (13) estar fechado, ou ambos registros (12) e (13) fechados, ou ambos

registros (12) e (13) abertos, de acordo com a quantidade de grãos existente na câmara interna de grãos (5).

6. "TORRE DE U M I DI Fl CAÇÃO, ESTERILIZAÇÃO, RESFRIAMENTO, CONGELAMENTO E SECAGEM DE GRÃOS", é caracterizado pelo procedimento de secagem por circuito fechado dos grãos ocorrer através da circulação do fluxo de ar B na câmara de ar (6) que penetra na câmara interna de grãos (5), sendo que o ar recircula na câmara de tratamento de fluxo de ar (7), o registro (18) fica fechado e o ar passa pelo radiador de frio (15) para condensar a a água em vapor, após passa pelo radiador de calor (17) para aquecer o ar; os registros (12) e (13) devem ficar abertos; o ar úmido é retirado da torre térmica (1) pelos ventiladores centrífugos (8) e (11) pelo túnel de recuperação (14), a recuperação do fluxo B retorna à câmara de tratamento de fluxo de ar (7) pelo túnel de recuperação (14).

7. "TORRE DE UMIDIFICAÇÃO, ESTERILIZAÇÃO, RESFRIAMENTO, CONGELAMENTO E SECAGEM DE GRÃOS", é caracterizado pelo procedimento de refrigeração dos grãos à temperatura de 10°C ou menos através do tratamento e distribuição do fluxo de ar C pelo radiador de frio (15) da câmara de tratamento de fluxo de ar (7) com registro (18) fechado, sendo que este fluxo de ar C é distribuído de forma escalonada nos setores l, II e III da câmara de ar (6) e penetra na câmara interna (5), os registros (10), (12) e (13) devem estar fechados, assim como a linha de os ventiladores centrífugos (8) e (11); registro (9) permanece aberto com regulagem para saída do ar quente; o ar do fluxo C retorna à câmara de tratamento de fluxo de ar (7) pelo túnel de recuperação (14).