此应用程序的某些内容目前无法使用。
如果这种情况持续存在,请联系我们反馈与联系
1. (WO2019023772) COSMETIC COMPLEX FOR BIOACTIVE HYDRATION, COSMETIC COMPOSITION, USE AND METHOD
注:相关文本通过自动光符识别流程生成。凡涉及法律问题,请以 PDF 版本为准

Relatório Descritivo da Patente de Invenção para "COMPLEXO COSMÉTICO PARA HIDRATAÇÃO BIOATIVA, COMPOSIÇÃO COSMÉTICA, USO E MÉTODO".

CAMPO DA INVENÇÃO

[001 ] A presente invenção trata de um novo complexo cosmético para hidratação bioativa (ou ativa ou dinâmica ou biológica) da pele, particularmente corpo e rosto, compreendendo manteiga e óleos vegetais da biodiversidade brasileira, bem como uma composição cosmética contendo o mesmo, seu uso e método na hidratação bioativa da pele.

FUNDAMENTOS DA INVENÇÃO

[002] A epiderme, camada mais externa da pele, está sempre se renovando e sua última camada, que faz contato com o meio exterior é chamada de estrato córneo. O EC compreende o estágio final de diferenciação celular epidérmica e é representado especificamente por células queratini-zadas mortas e anucleadas embebidas em uma matriz lipídica atuando como uma barreira que separa o meio externo da homeostase interna.

[003] A barreira natural formada pelo EC depende criticamente de sua composição, representada por proteínas (75-80%), lipídeos (5-15%) e demais constituintes (5-10%). A composição lipídica do EC humano pode variar quantitativamente entre indivíduos e partes do corpo, mas compreende principalmente ceramidas, ácidos graxos, colesterol, ésteres, triglicerídeos e fos-folipídios. Quando esses componentes não estão balanceados adequadamente, a capacidade da pele manter a água é reduzida e a pele torna-se mais suscetível à influência dos fatores ambientais, ocasionando uma barrei-ra prejudicada.

[004] Um papel importantíssimo na manutenção da integridade da barreira do EC é representado pela água. Um dos principais aspectos do importante papel desempenhado pela água relaciona-se à sua capacidade de mediar a atividade de muitas enzimas hidrolíticas da pele, incluindo aquelas responsáveis pela descamação adequada dos corneócitos, bem como as responsáveis pela formação do fator natural de hidratação (NMF - Natural Moisturizing Factor). Como um produto proteolítico das profilagrinas - molé- cula-chave na manutenção da barreira epidérmica -, o NMF é essencialmente composto por aminoácidos e derivados, PCA (ácido pirrolidona carboxí-lico), minerais, Ureia, açúcares e peptídeos. Esta mistura altamente higros-cópica ajuda a manter a hidratação e, consequentemente, a função do EC.

[005] A epiderme também é responsável pela regeneração da pele. A cada 28 dias uma célula caminha desde a junção dermo-epidérmica até o estrato córneo, desprendendo-se então como uma célula morta no processo de descamação. Quando a pele se encontra desidratada, esta reconstituição e troca ficam alteradas dificultando a regeneração cutânea natural.

[006] Quando houver alterações na superfície do estrato córneo (por exemplo, por queimadura, escoriações ou rompimento) ou perda excessiva de lipídeos ou hidratantes naturais, a pele torna-se seca, áspera, sem elasticidade ou flexibilidade. O sol, os poluentes, a umidade relativa do ar também são fatores que interferem na hidratação da pele.

[007] Outra molécula importante para a hidratação da pele é o ácido hialurônico presente na derme e em espaços intercelulares epidermais. Essa molécula consegue se ligar até mil vezes o seu peso com moléculas de água. Na derme, juntamente com outras moléculas da matriz extracelular, é responsável por reter a água e manter a hidratação adequada do tecido.

[008] Além disso, canais proteicos de membrana chamados aquapori-nas são responsáveis por facilitar o transporte de água e solutos, incluindo glicerol e ureia, entre as membranas biológicas. Essa condução da água ocorre através de um gradiente osmótico.

[009] É recomendável que as pessoas adultas usem hidratante em toda a pele pelo menos uma vez por dia. Esses produtos, em geral, incluem ingredientes que agem tipicamente por dois mecanismos bem conhecidos: oclusão e umectação.

[0010] A hidratação por oclusão é promovida por ingredientes que formam um filme lipofílico, que dificulta a perda de água, fazendo aumentar a retenção hídrica na camada córnea.

[001 1 ] A hidratação por umectação, por sua vez, é promovida por ingredientes que retêm água proveniente da composição cosmética, da atmos-

fera e da pele, na superfície da pele por meio de um filme hidrofílico formado sobre a camada córnea, aumentando a retenção de água na superfície cutânea.

[0012] No entanto, em evolução aos mecanismos clássicos citados an-teriormente, outros mecanismos de hidratação, chamados no estado da técnica de hidratação ativa, já têm sido propostos. Em geral, referem-se ao uso de ingredientes que têm a capacidade de estimular a pele a produzir suas próprias substâncias de hidratação, ou seja, moléculas que são capazes de reter água em todas as camadas da pele.

[0013] Atualmente, a comprovação das propriedades hidratantes de preparações cosméticas para a pele é feita pelo emprego de métodos não invasivos utilizando instrumentos baseados em propriedades elétricas, tais como condutância e capacitância, bem como técnicas espectroscópicas, tais como NIR (near-infrared spectroscopy). No entanto, existem problemas as-sociados à confiabilidade das medições de propriedades elétricas da pele (capacitância é a propriedade mais utilizada para avaliação da hidratação da pele) quando esta recebe tratamentos com altas concentrações de ingredientes oclusivos, apoiares e não higroscópicos. Falsos negativos em medições do estado hídrico da pele podem ser observados dependendo da com-posição química da formulação em estudo. Por esse motivo, em alguns casos, recomenda-se a combinação de várias técnicas instrumentais e até mesmo avaliações visuais com auxílio de escalas fotográficas para se demonstrar os benefícios de preparações cosméticas para a pele.

[0014] O ressecamento é uma das condições mais presentes e crôni-cas da pele, resultando em "rigidez" da pele e danos à pele na forma de fissuras e rachaduras. Dessa forma, a avaliação de propriedades mecânicas da pele (utilizando modelos mecânicos) pode ser útil para entender como danos à pele seca ocorrem (por exemplo, rachaduras).

[0015] Assim, o estado da técnica ainda necessita de novos produtos hidratantes, capazes de proporcionar hidratação completa da pele, seja do corpo ou do rosto, e que atuem não apenas pelos mecanismos clássicos de oclusão e umectação, mas também pelo estímulo de mecanismos endóge-

nos que mantenham a hidratação da pele determinada por meios mais precisos e confiáveis.

BREVE DESCRIÇÃO DAS FIGURAS

[0016] A figura 1 apresenta os resultados de expressão gênica obtidos a partir do complexo de acordo com a presente invenção em comparação a outros produtos de mercado.

[0017] A figura 2 apresenta os resultados da expressão proteica do complexo para alguns marcadores selecionados.

[0018] A figura 3 apresenta resultados comparativos entre as amostras avaliadas nas propriedades mecânicas da pele.

DESCRIÇÃO DA INVENÇÃO

[0019] A presente invenção trata de um novo complexo cosmético para hidratação bioativa da pele, particularmente corpo e rosto, que compreende: cerca de 0,2 a cerca de 2% de manteiga de cupuaçu (Theobroma grandiflo-rum),

cerca de 0,05 a cerca de 2% de óleo de fevilea (Fevillea trilobata),

cerca de 0,5 a cerca de 3% de óleo de canola, e

opcionalmente glicerina.

[0020] Os percentuais acima indicados, assim como aqueles indicados nos exemplos a seguir, são relacionados ao peso total da composição cosmética final em que o complexo será veiculado.

[0021 ] De acordo com a presente invenção, por "hidratação bioativa", aqui também nomeada de hidratação biológica ou hidratação biodinâmica ou hidratação ativa, entende-se a capacidade de uma combinação balanceada de ingredientes de estimular mecanismos endógenos da pele a promoverem o equilíbrio entre o conteúdo hídrico e lipídico para uma hidratação e nutrição eficientes.

[0022] Os mecanismos endógenos que determinam a hidratação bioativa de acordo com a presente invenção são simultaneamente:

(1 ) estímulo a moléculas que retêm água nas camadas mais profundas da pele (derme) como ácido hialurônico e outros componentes da matriz extracelular;

(2) estímulo a moléculas que retêm água na superfície da pele como fatores de hidratação naturais, conhecidos como NMF, do inglês "Natural Moisturizing Factor" (sais minerais);

(3) estímulo à produção e metabolismo de lipídios na superfí-cie da pele;

(4) estímulo da remoção adequada e balanceada das células mortas da superfície da pele (descamação);

(5) estímulo a moléculas que transportam água e sais minerais para manter o balanço osmótico da pele (como por exemplo, aquaporinas).

[0023] O efeito nos cinco mecanismos endógenos acima é aferido por meio de técnicas para avaliação de expressão gênica e proteica, que são técnicas altamente precisas e seus resultados independem de fatores externos como ocorre em técnicas usualmente empregadas.

[0024] Assim, o complexo de acordo com a presente invenção foi, de maneira surpreendente, determinado como eficaz no estímulo aos cinco mecanismos endógenos que caracterizam a hidratação bioativa. A combinação balanceada qualitativa e quantitativa de ingredientes de acordo com a presente invenção foi capaz de estimular os cinco mecanismos endógenos da pele que promovem o equilíbrio entre o conteúdo hídrico e lipídico para uma hidratação e nutrição eficientes, que caracterizam a hidratação bioativa.

[0025] Em outra realização, a presente invenção também contempla, de maneira abrangente, composições cosméticas compreendendo o novo complexo de hidratação bioativa de acordo com a presente invenção juntamente com excipientes cosmeticamente aceitáveis.

[0026] Os excipientes cosmeticamente aceitáveis de acordo com a presente invenção são aqueles conhecidos do técnico no assunto para composição de bases cosméticas em variadas formas, por exemplo, emulsões, cremes, géis, séruns, e outros conhecidos do técnico no assunto. Por exemplo, sem qualquer limitação, os excipientes cosmeticamente aceitáveis po-dem ser selecionados dentre aqueles citados no "International Cosmetic In-gredient Dictionary & Handbook", 16th Edition.

[0027] Em outra modalidade, a presente invenção trata ainda do uso do complexo para fabricação de uma composição cosmética para hidratação bioativa da pele, particularmente corpo e rosto.

[0028] Ainda, em outra modalidade, a presente invenção contempla um método para hidratação bioativa da pele que compreende aplicar na pele, necessitada ou não, uma quantidade eficaz do complexo ou da composição cosmética de acordo com a presente invenção. Assim, o método aqui tratado pode ser de prevenção ou tratamento cosmético.

[0029] Os exemplos a seguir, sem impor qualquer limitação, as realiza-ções particulares da presente invenção, bem como demonstram a eficácia do complexo de acordo com a presente invenção em hidratação bioativa. EXEMPLOS

Exemplo 1 . Composição cosmética de acordo com a presente invenção.

[0030] A tabela a seguir ilustra uma realização de composição cosméti-ca de acordo com a presente invenção, a qual foi produzida por técnica de preparação de emulsão conhecida do técnico no assunto.

Tabela 1 . Composição cosmética de acordo com a presente invenção

Goma xantana 0,1

Exemplo 2. Análise da eficácia em hidratação bioativa

[0031 ] Para o desenvolvimento do complexo de acordo com a presente invenção e demonstração de sua eficácia foi utilizada análise de expressão gênica e proteica para verificar a modulação dos genes envolvidos no estímulo dos mecanismos endógenos da pele, que promovem o equilíbrio entre o conteúdo hídrico e lipídico para uma hidratação e nutrição eficientes, ou seja, hidratação bioativa.

[0032] Foi realizado um estudo de expressão gênica em larga escala, seguido da confirmação da expressão proteica para comprovação do benefício.

[0033] A amostra foi testada em explantes de pele humana obtidos após cirurgias plásticas (blefaroplastia) e avaliada eficácia na modulação de um total de 92 genes relacionados a mecanismos biológicos determinados como relevantes para a hidratação da pele, bem como para alguns benefícios adicionais como integridade da barreira cutânea, antioxidante, adesão e coesão entre as células, renovação celular e anti-aging (elasticidade, firmeza, preenchimento e coesão dermo-epiderme).

[0034] Neste experimento, os fragmentos de pele provenientes de 3 doadores diferentes foram divididos em duas porções e inseridos, em tripli-cata de cada doador, imediatamente em meio de cultura. Os explantes foram submetidos ao tratamento com 2mg/cm2 da amostra aplicada topicamente, sem qualquer diluição, e mantidos por 24 horas (porção 1 ) e 72 horas (porção 2) em atmosfera úmida a 37°C em presença de 5% de CO2. Além disso, uma condição de controle foi realizada pela manutenção dos explantes, em triplicata de cada doador, em meio de cultura somente. Uma análise de viabilidade prévia foi realizada para garantir a integridade dos tecidos durante todo o protocolo do estudo.

[0035] A porção (1 ) foi coletada e submetida à extração de RNA total. A partir do RNA, foi confeccionado o cDNA e este (50ng) foi submetido à etapa de RT-PCR ("Polymerase-Chain Reaction") em tempo real para avaliação da expressão de 96 genes. O perfil de expressão gênica e a seleção dos genes diferencialmente expressos foram realizados com o auxílio do Expression Suite Software v.1 .0.3 (Life Technologies). Os valores de ACt para os genes de referência e os genes alvo foram calculados pela subtração dos valores dos grupos experimentais. Posteriormente, o ACt do grupo experimental foi subtraído do grupo de controle (explante de pele sem tratamento) para a obtenção do AACt. Por fim, a quantificação relativa dos genes alvo foi determinada pela equação: RQ = 2A-AACt. Foram selecionados apenas os genes que apresentaram um threshold de 1 ,3, ou seja, 30% de aumento ou redução em relação ao controle. A significância estatística foi avaliada pelo teste-t acompanhado do método de Benjamini-Hochberg (FDR - false disco-very rate), sendo que p-value < 0,05 foi considerado significante.

[0036] Para a detecção por imunofluorescência, as amostras foram fixadas em paraformaldeído a 4% (pH 7,4) por 24 horas e crioprotegidas em solução de sacarose a 30% por 48 horas. Em seguida, cortes seriados de 10 μιτι foram coletados diretamente em lâminas silanizadas com o auxílio de Criostato (Leica - CN1850). Ao término da coleta dos cortes, os mesmos foram submetidos a lavagens com PB 0,1 M e incubados overnight com anticorpos referentes aos marcadores de interesse selecionados. Em seguida, as lâminas foram analisadas em Microscópio de Fluorescência (Leica - DM 1000) com auxílio do Software LAS (Leica Application Suite). O parâmetro avaliado foi intensidade de fluorescência emitida pela marcação com anticorpo específico. Para análise estatística foi utilizada a análise de variância (ANOVA). Em todos os grupos estudados, foram considerados estatistica-mente significativos aqueles cujos valores de P foram inferiores a 0,05.

[0037] Para a detecção por Elisa, foram utilizados kits disponíveis comercialmente (R&D Systems, USA). O anticorpo monoclonal de captura contra o marcador de interesse foi adicionado em uma placa de 96 poços que, em seguida, foi incubada por 12 horas à temperatura ambiente. As amostras foram adicionadas e a placa foi incubada por 2 horas à temperatura ambiente. O anticorpo de detecção contra o marcador de interesse foi então incubado por mais 2 horas (TA). Adicionou-se uma solução de estreptavidina-

peroxidase e incubou-se por 1 hora (TA). Finalmente, a solução de substrato (H2O2 e TMB - tetrametilbenzidina) foi adicionada à placa e uma coloração azul se desenvolveu dentro de um período de 20 minutos. A reação de coloração foi interrompida adicionando-se H2SO4 2N e a leitura foi realizada em leitor de microplacas a 450nm. Os níveis da proteína foram expressos em pg/mL ou pg/mL e calculados a partir dos valores de referência obtidos com uma curva padrão construída com concentrações conhecidas da proteína. Para análise estatística foi utilizada a análise de variância (ANOVA). Em todos os grupos estudados, foram considerados estatisticamente significativos aqueles cujos valores de P foram inferiores a 0,05.

Tabela 2. Genes que tiveram sua expressão avaliada pelo estudo.

Símbolo Gene

18s Rna RNA, 18S ribosomal [reference gene]

ACACA Acetyl-CoA carboxylase 1

ACACB Acetyl-CoA carboxylase beta

AQP10 Aquaporin-10

AQP1 Aquaporin-1

AQP3 Aquaporin-3

AQP5 Aquaporin-5

ASAH1 Acid ceramidase

BGN Biglycan

CASP14 Caspase-14

CD44 CD44 molecule (Indian blood group)

CDH1 Cadherin-1

CDSN Corneodesmosin

CLDN1 Claudin-1

CLDN4 Claudin-4

CLDN7 Claudin-7

COL1A1 Collagen, type I, alpha 1

COL1A2 Collagen, type I, alpha 2

COL4A4 Collagen, type IV, alpha 4

COL7A1 Collagen, type VII, alpha 1

HMGCR 3-hydroxy-3-methylglutaryl-CoA reductase

HMGCS1 3-hydroxy-3-methylglutaryl-CoA synthase 1

HMMR Hyaluronan mediated motility receptor

HYAL1 Hyaluronidase 1

HYAL2 Hyaluronidase 2

HPRT Hypoxanthine phosphoribosyltransferase [reference gene]

ITGA6 Integrin alpha-6

ITGB4 Integrin beta-4

IVL Involucrin

KLF4 Krueppel-like factor 4

KLK5 Kallikrein 5

KLK7 Kallikrein 7

KRT1 Keratin 1

KRT10 Keratin 10

LAMA5 Laminin subunit alpha-5

LCE2B Late cornified envelope protein 2B

LOR Loricrin

LOX Lysyl oxidase

LUM Lumican

MATN2 Matrilin 2

MMP1 Matrix metallopeptidase 1

MMP12 Matrix metallopeptidase 12

MMP9 Matrix metallopeptidase 9

OCLN Occludin

PADI1 peptidyl arginine deiminase, type I

PADI3 Protein-arginine deiminase type 3

PCNA proliferating cell nuclear antigen

PKP1 Plakophilin 1

PLEC Plectin-1

PPL Periplakin

SDC1 Syndecan 1

SMPD1 Sphingomyelin phosphodiesterase/Acid sphingomyelinase

SOD2 Superoxide dismutase 2, mitochondrial

SPINK5 Serine peptidase inhibitor, Kazal type 5

SPTLC2 Serine palmitoyltransferase, long chain base subunit 2

SREBF2 Sterol regulatory element-binding protein 2

ST14 Suppression of tumorigenicity protein 14

TGM1 Transglutaminase-1

TGM3 Transglutaminase-3

TGM5 Transglutaminase-5

TIMP1 TIMP metallopeptidase inhibitor 1

TIMP2 TIMP metallopeptidase inhibitor 2

TJP1 Tight junction protein 1

UGCG Ceramide glucosyltransferase

VCAN Versican

VCL Vinculin

[0038] As figuras 1 e 2 mostram, respectivamente, os resultados de expressão obtidos a partir do complexo de acordo com a presente invenção em comparação aos seus ingredientes isolados e comparativamente em re-lação a outros produtos de mercado.

[0039] Como pode ser observado, o complexo de acordo com a presente invenção foi o único capaz de atuar nos cinco mecanismos endógenos que determinam a ocorrência de hidratação bioativa, tanto em comparação aos seus componentes isolados, quanto a produtos hidratantes bem estabe-lecidos obtidos no mercado.

Exemplo 2. Estudo de estabilidade.

[0040] Os estudos de estabilidade acelerada nas condições escuro, 5° e 40°C demonstraram que as formulações não sofreram alterações significativas em até 90 dias de uso, considerando composições cosméticas estáveis nas condições estudadas.

[0041 ] Exemplo 3. Avaliação das propriedades mecânicas da pele

[0042] O princípio da técnica aqui aplicada utiliza modelos mecânicos para entender como danos à pele seca ocorrem (por exemplo, rachaduras). A abordagem biomecânica considera o estrato córneo (EC) como uma película fina sobre o "substrato" epiderme + derme. Combina curvatura do subs-trato e da força de filmes livres para medir as tensões de secagem que fornecem a força mecânica para rachar e/ou fissurar o tecido. A força motriz G na ilustração abaixo é encontrada em várias configurações (peeling, rachaduras, delaminação, etc), entretanto, a delaminação tanto no plano quanto fora do plano mecânico é usada para caracterizar e quantificar a "resistên-cia" para danificar o filme (GC), como uma função de condicionamento, temperatura e tratamentos químicos.

[0043] Os corpos de prova de EC foram cortados em folhas de 22mm x 22mm e aderidos a placas de boro silicato de 177 micrômetros de espessura. O substrato de boro silicato possui propriedades mecânicas muito bem caracterizadas e se adere muito bem ao EC sem a necessidade de uso de adesivos. Filmes de ouro foram depositados sobre a face oposta do substrato de boro silicato para possibilitar medidas de reflexão do laser durante os experimentos de curvatura.

[0044] Com base nos resultados obtidos para as amostras avaliadas, conclui-se que o complexo da invenção se mostrou eficaz na redução do estresse de secagem da pele no modelo proposto. A figura 3 demonstra o comparativo entre as amostras avaliadas.

[0045] O homem da técnica saberá prontamente avaliar, por meio dos ensinamentos contidos no texto e nos exemplos apresentados, vantagens da invenção e propor variações e alternativas equivalentes de realização, sem fugir do escopo da invenção, conforme definido nas reivindicações anexas.