Certains contenus de cette application ne sont pas disponibles pour le moment.
Si cette situation persiste, veuillez nous contacter àObservations et contact
1. (WO2018058213) TOUR D’HUMIDIFICATION, DE STÉRILISATION, DE REFROIDISSEMENT, DE CONGÉLATION ET DE SÉCHAGE DE GRAINS
Note: Texte fondé sur des processus automatiques de reconnaissance optique de caractères. Seule la version PDF a une valeur juridique

REIVINDICAÇÕES

1. "TORRE DE UMIDIFICAÇÃO, ESTERILIZAÇÃO, RESFRIAMENTO, CONGELAMENTO E SECAGEM DE GRÃOS", é composto pela torre térmica (1 ) dotada de bocal de alimentação (2) e bocal de saída (3), caracterizado pelo armazenamento dinâmico na câmara interna de grãos (5) ao redor da quai se tem a câmara de ar (6) por onde percorre o ar gerado na câmara de tratamento de fluxo de ar (7) que contém o radiador de frio (15), o injetor de vapor (16) , o radiador de caior (17) e o registro (18); a câmara de ar (6) contempla, superiormente, duas linhas de ventiladores centrífugos (8) intercalados por linhas de registros (9) e (1 0), e, inferiormente, uma linha de ventiladores centrífugos (1 1 ); interiormente a câmara de ar (6) possui os registros horizontais ( 12) e (13); a câmara de ar (6) e a câmara de tratamento de fluxo de ar (7) são interligadas pelo túnel de recuperação (14) .

2. "TORRE DE UMIDIFICAÇÃO, ESTERILIZAÇÃO, RESFRIAMENTO, CONGELAMENTO E SECAGEM DE GRÃOS", é caracterizado pelo procedimento de umidificação dos grãos ocorrer através da injeção do fluxo de ar A, vapor úmido, na temperatura entre 1 00°C e 140°C pelo injetor de vapor úmido (16), estando o registro (18) da câmara de tratamento de fluxo de ar (7) fechado, que percorre a câmara de ar (6) e penetra na câmara interna de g rãos (5), sendo que o registro (12) deve estar fechado, assim como os registros (9) e (10) ; o registro (13) deve estar aberto para permitir a circulação do fluxo de ar A ao longo da torre térmica (1 ); os ventiladores centrífugos (8) e (1 1 ) devem estar fechados; o vapor úmido retorna à câmara de tratamento de fluxo de ar (7) pelo túnel de recuperação (14), formando um circuito fechado.

3. "TORRE DE UMIDIFICAÇÃO, ESTERILIZAÇÃO, RESFRIAMENTO, CONGELAMENTO E SECAGEM DE GRÃOS", tal como reivindicado em 2 é caracterizado por opcionalmente, o registro (12) estar aberto e o registro (13) estar fechado, ou ambos registros (12) e (13) fechados, ou ambos registros (12) e (13) abertos, de acordo com a quantidade de grãos existente na câmara interna de grãos (5).

4. "TORRE DE UMIDIFICAÇÃO, ESTERILIZAÇÃO, RESFRIAMENTO, CONGELAMENTO E SECAGEM DE GRÃOS", é caracterizado pelo procedimento de esterilização dos grãos ocorrer através da injeção do fluxo de ar A de vapor seco, em temperatura entre 280°C a 320°C, pelo injetor de vapor (16) da câmara de tratamento de fluxo de ar (7), o qual circula na câmara de ar (6) e penetra na câmara interna de grãos (5), sendo que o registro (12) deve estar fechado, assim como os registros (9) e (10), o registro (13) deve estar aberto; o de vapor seco retorna à câmara de tratamento de fluxo de ar (7) pelo túnel de recuperação (14), formando um circuito fechado.

5. "TORRE DE UMIDIFICAÇÃO, ESTERILIZAÇÃO, RESFRIAMENTO, CONGELAMENTO E SECAGEM DE GRÃOS", tal como reivindicado em 4 é caracterizado por opcionalmente, o registro (12) estar aberto e o registro (13) estar fechado, ou ambos registros (12) e (13) fechados, ou ambos

registros (12) e (13) abertos, de acordo com a quantidade de grãos existente na câmara interna de grãos (5).

6. "TORRE DE U M I DI Fl CAÇÃO, ESTERILIZAÇÃO, RESFRIAMENTO, CONGELAMENTO E SECAGEM DE GRÃOS", é caracterizado pelo procedimento de secagem por circuito fechado dos grãos ocorrer através da circulação do fluxo de ar B na câmara de ar (6) que penetra na câmara interna de grãos (5), sendo que o ar recircula na câmara de tratamento de fluxo de ar (7), o registro (18) fica fechado e o ar passa pelo radiador de frio (15) para condensar a a água em vapor, após passa pelo radiador de calor (17) para aquecer o ar; os registros (12) e (13) devem ficar abertos; o ar úmido é retirado da torre térmica (1) pelos ventiladores centrífugos (8) e (11) pelo túnel de recuperação (14), a recuperação do fluxo B retorna à câmara de tratamento de fluxo de ar (7) pelo túnel de recuperação (14).

7. "TORRE DE UMIDIFICAÇÃO, ESTERILIZAÇÃO, RESFRIAMENTO, CONGELAMENTO E SECAGEM DE GRÃOS", é caracterizado pelo procedimento de refrigeração dos grãos à temperatura de 10°C ou menos através do tratamento e distribuição do fluxo de ar C pelo radiador de frio (15) da câmara de tratamento de fluxo de ar (7) com registro (18) fechado, sendo que este fluxo de ar C é distribuído de forma escalonada nos setores l, II e III da câmara de ar (6) e penetra na câmara interna (5), os registros (10), (12) e (13) devem estar fechados, assim como a linha de os ventiladores centrífugos (8) e (11); registro (9) permanece aberto com regulagem para saída do ar quente; o ar do fluxo C retorna à câmara de tratamento de fluxo de ar (7) pelo túnel de recuperação (14).